A África do sul está colorida. Bandeiras de todos os 32 países que participam desta edição da Copa do Mundo de Futebol se espalham por esquinas, avenidas, supermercados, shopping centers e lojas de todo o tipo. Os Sul-Africanos manifestam por toda a parte sua receptividade aos espectadores do evento, sejam eles de qualquer origem. Mas há quase uma unanimidade na torcida: Bafana Bafana. Não porque eles acreditem ser a melhor seleção, ou a que mais merece ganhar (em termos de bom futebol), mas devido ao seu grande orgulho sul-africano.

Não é difícil para eles torcerem para sua seleção. O futebol não é o esporte favorito por aqui, a maioria das pessoas não entende nada das regras desse esporte e não se interessa em assistir os jogos. Eles apenas torcem.

É tão pequeno seu conhecimento sobre o assunto, que alguns chegam a arriscar que a final será disputada por Brasil X EUA. Chute fácil. Brasil é a seleção mais famosa, e os EUA sempre se dão bem em qualquer esporte, qualquer competição, etc. Com exceção, é claro, do futebol masculino. Mas isso, os sul-africanos na média geral, nem imaginam!

A hospitalidade sul-africana é fator importante para esta Copa. Considerando falhas graves da infra-estrutura receptiva do país para o evento. A ausência de transportes públicos faz com que se criem imensos congestionamentos nos arredores dos estádios nos dias dos jogos. Não há opção além de ir de carro. Não há ônibus de circulação municipal nas cidades (com exceção dos recentemente e mal instalados), não há táxis (a não ser nos aeroportos), não há metrô.

Além disso, a falta de UH’s – unidades habitacionais (vagas em hotéis e pousadas, etc.) – fez com que a organização do evento realocasse moradores de bairros bons das cidades, para usar suas residências como UH. O problema é que uma casa não possui necessariamente a infra-estrutura que um hotel deveria oferecer.

Mas como todo evento, as falhas da organização e de infra-estrutura são corriqueiras. Sempre haverá algo que não funcionará como o previsto. Torçamos para que os problemas dessa Copa da África sejam menores que seu sucesso! E que o espetáculo fique por conta do bom futebol!

Deixe uma resposta

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong> 

requerido