… Isto não era novo pra ele. E o que mais lhe ansiava era a lembrança de experiências amargas. Mas, naquele momento, ele estava decidido, embora talvez houvesse se esquecido de avisar isso ao seu corpo. Sua mão tremulava como bandeira hasteada em alto monte. Sua voz vacilava, não mais que suas pernas. Sob a testa, gotas de suor lhe davam ligeira sensação de mal-estar e a idéia de uma cena dantesca lhe impelia a desistir da idéia. Porém, ele não podia. Se não agisse naquele instante, duvidaria para sempre de si. Não há mentira pior que a desferida a si mesmo, pois se falharmos com nossas determinações, pode ser impossível recuperar a auto-credibilidade.

A música lhe dava o ambiente perfeito. Mas, a cada segundo de pestanejo, seu tempo se reduzia. Ao findar daquela canção toda sua aspiração poderia se esvair. Não dava para prever se era a última da sessão de música romântica. Os DJs estavam sempre preparados a cortar seu barato.

Tentou esconder a bala (com a qual pretendia melhorar o hálito) entre o dente e a gengiva. Esperou o momento exato em que sua garota não estivesse conversando com a amiga. Sua aproximação não deveria se inoportuna. Nem poderia causar surpresa, isso ele bem sabia, pois o susto causaria a resposta de repúdio, e era tudo que ele queria evitar. Por isso, aproximou-se vagarosamente, e, com o objetivo de obter o pretexto inicial, deixou que sua mão resvalasse na da moça.

No instante do toque seu coração trepidou. Ele sabia ser este o momento. Virou e viu no lindo rosto da garota um sorriso tão doce que… lhe deu vontade de… chorar!

Ora, tantos instantes de aflição, tantas canções se preparando para isto, e no exato momento em que se decidiu, um jovem bem apanhado resolver tomar-lhe a garota dos olhos?! Que cruel!

Tudo bem, pensou ele. Fora melhor assim. Talvez o rapaz tenha lhe poupado de um fora que lhe varreria a pouca auto-estima que lhe restava, e com a qual contava para continuar tentanto, e sofrendo…

Deixe uma resposta

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong> 

requerido