Ao despertar-me encontro
A vista mais linda
De uma perfeição simétrica
De inspiração divina

Ao despertar-me enxergo
A mais pura beleza
De colorido supremo
De criação da natureza

Ao despertar-me vejo
Desperta em alegria
Ou tranqüila adormecida
O seu rosto, Luisa

 

Deixe uma resposta

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong> 

requerido