Estréia! Esta palavra traz bons fluídos para o dia de qualquer cidadão mondano, que agora possui uma nova responsabilidade em seu dia-a-dia. E a primeira vez tem que ser marcante para que hajam outras vezes, por isso, estou nervosa com este post. Escrever não é fácil, principalmente para algumas pessoas que não tem certos costumes que auxiliam na escrita, como ler bastante e gostar de adquirir sempre novos conceitos culturais (Exemplos: viajar, ouvir música, assistir a uma exposição artística, etc.). Porém, escrever é sempre mágico, quando você consegue obter um bom resultado, agradar aos leitores e a si próprio.
Não é papel fácil o de agradar a tanta gente, claro. Mas o principal fator é deixar livre as interpretações, procurar fazer com que o texto seja subjetivo para cada indivíduo, o que é interessante para analisar depois, através dos comentários, o quão diferente são as visões que cada um teve de seu texto. E mesmo que sejam visões negativas, é gratificante! Pois, você percebe que seu texto não é unânime. E “toda unanimidade é burra!”.

Deixe uma resposta

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong> 

requerido